Ajude a Asast
Patrocinadores
Últimos assuntos
» Novo site para desportistas / New site for athletes
Ter Dez 04, 2018 8:19 am por Admin

» Check used port with the command line
Ter Dez 04, 2018 8:10 am por Admin

» Check the port where mariaDB is running
Seg Dez 03, 2018 4:59 am por Admin

» Check the linux version
Seg Dez 03, 2018 3:12 am por Admin

» Granting rights to a database for a user
Qui Nov 29, 2018 2:04 am por Admin

» Create new user
Qui Nov 29, 2018 2:01 am por Admin

» Change level of password security level
Qui Nov 29, 2018 1:59 am por Admin

» reactJS - A JavaScript library for building user interfaces
Qua Out 24, 2018 3:02 am por Admin

» Count number of lines in all files existing
Qui Jun 28, 2018 4:53 am por Admin

AdSense
Contributo

Portugal vs Estangeiro a nível profissional

Ir em baixo

Portugal vs Estangeiro a nível profissional

Mensagem  Admin em Sex Jul 11, 2008 1:39 am

Boas

Trabalho profissionalmente na informática desde 2001. Comecei depois de terminar a minha licenciatura em Engenharia de Sistemas e Informática na universidade do Minho - ex LESI (excelente curso já agora). Agora penso que mudou de nome.
Para concluir o curso tive um estágio profissional numa empresa de consultoria Portuguesa durante 6 meses.
Após estes 6 meses, foi-me proposto um contrato de duração indeterminada. Entrei portanto nos quadros da empresa. Mantive-me 4 anos lá.
Foi uma experiência muito enriquecedora tanto a nível pessoal como a nível profissional.

Decidi sair, e aventurar-me no estrangeiro. Como tinha de dar 2 meses de pré-aviso (porque estava a trabalhar na mesma empresa havia mais de 2 anos), as coisas não se desenvolviam. Devido a esse facto apresentei a minha demissão porque estava mesmo farto.

Vim para fora à procura de emprego. Não demorou muito tempo a arranjar. Há 3 anos que estou a trabalhar fora.

A impressão que tenho é que as condições de trabalho entre Portugal e o estrangeiro são gritantes.

As principais diferenças são as seguintes.
Aqui chego às 8 da manhã, vou embora às 17. Quando vou embora, os meus colegas e chefes (que ainda estão lá) dizem: Até amanhã.
Em portugal, chegava às 8:30, saía às 19:15/19:30 em média e os meus colegas (que ainda estavam quase todos lá) diziam: Tiraste a tarde livre?

Quando é necessário fazer horas extras, aqui também se fazem. A diferença é a seguinte:
Normalmente, pelas horas extras, eles dão dias de descanso para compensar. Em alguns casos pagam as horas extras.
Em Portugal, depois de um dia de 16 horas de trabalho, ao ir embora, o chefe diz assim: "Bom trabalho. Obrigado pelo esforço. Vai dormir que amanhã há mais".

Não vou falar dos ordenados. Não vale a pena. Vocês sabem porquê.

E já agora, só para desmitificar uma ideia, a vida fora NÃO É mais cara do que em Portugal.

Tenho muitos amigos em Portugal a viver e a trabalhar. Pelos relatos que me fazem não é só na área de informática que isso se passa. Penso que é um problema geral do país. Penso que se trata de um problema de mentalidades.
Os patrões sabem que há mais procura de emprego que oferta. Aproveitam-se deste facto para usar e abusar os seus empregados. Mas um dia as coisas vão mudar e aí esses patrões que preferem investir os enormes lucros das empresas em carros e vivendas de sonho do que investir no maior contentamento dos seus empregados (leia-se maiores salários e melhores condições de trabalho) deverão mudar de atitude. Assim acho e assim espero que aconteça.

Espero também que este "post" ajude um bocadinho a mudar as coisas.

Cumps.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 607
Data de inscrição : 21/01/2008
Idade : 41

Ver perfil do usuário http://forum-informatico.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum